110V ou 220V? Qual é melhor? Entenda as diferenças.

Card image cap

Como todos nós sabemos, aqui no Brasil, os níveis de tensão utilizados na baixa tensão são de 220V ou 110V. Mas porque esses valores e quais são as diferenças entre os dois sistemas?

De forma simplificada, podemos dizer que hoje temos redes de distribuição em 110V na maior parte do país, principalmente pelas regiões Norte e Sudeste. Já a regiões Nordeste e Sul, são majoritariamente abastecidas em 220V. Essa distinção teve início no começo do século XX, quando companhias de energia de diferentes países se instalaram no Brasil para a construção das linhas de transmissão e distribuição. O mapa abaixo exibe de forma resumida as regiões abastecidas por 110V e 220V no Brasil.

Distribuição das tensões de 110V e 220V no Brasil.


Mas no fim das contas, quais são as diferenças dos dois sistemas? Para se analisar de forma mais assertiva, podemos elencar alguns pontos para essa análise, os quais são: segurança, custos com a instalação e economia.

No que diz respeito a segurança, a tensão de 110V é mais segura, o que é de se esperar. Por exemplo, uma pessoa submetida à uma tensão de 220V sofrerá um choque mais violento do que uma outra pessoa exposta à uma tensão de 110V. Apesar disso, graças ao padrão de tomadas utilizado no país, a incidência de um choque elétrico é consideravelmente menor pois o usuário não tem acesso direto aos plugues da tomada.

No que se refere aos custos com a instalação, uma instalação em 220V é significativamente mais barata. Considere dois secadores de cabelo de 2000W, um que opera a 220V e outro a 110V. O secador de 220V irá funcionar com uma corrente nominal de aproximadamente 9A (2000/220) enquanto que o secador de 110V irá operar com uma corrente nominal aproximada de 18A. Com isso, para alimentar o secador de 110V será necessário um fio mais robusto e, consequentemente, mais caro.

Mas no fim das contas, qual das duas tensões é mais econômica para o consumidor? 110V ou 220V? A resposta é simples: não importa! Considere o mesmo exemplo do secador. Independentemente do nível de tensão no qual os secadores foram alimentados, os dois possuem uma potência de 2000W. Como a energia paga depende exclusivamente da potência dos aparelhos e do seu tempo de utilização, não irá haver diferença na conta de energia.

Alguma dúvida? Entre em contato conosco!

Por Pedro Henrique 

Você vai se interessar também

Card image cap
O que é a Internet das Coisas e como ela impacta o uso de Energia Elétrica?

Sabe o que é Internet das Coisas e como ela pode automatizar sua empresa e reduzir o consumo de energia? Acesse esse post para saber mais!

Card image cap
Energia Solar e sua alta viabilidade no Nordeste

Quer descobrir as vantagens do uso de placas solares na região nordeste? Venha conferir!

Card image cap
Indústria 4.0 e os benefícios da eficiência energética

Já ouviu falar em indústria 4.0? Saiba como a eficiência energética e a LUMUS podem ajudar a reduzir o consumo de energia e automatizar processos.