Energia Solar e sua alta viabilidade no Nordeste

Card image cap

A energia solar está cada dia mais presente na vida dos brasileiros. E uma das regiões que mais colabora para o desenvolvimento desta matriz energética é o Nordeste. No ano de 2018, a região atingiu a marca de 675 megawatts (Mwp) com o fator de carga batendo 86% na horário que foi registrado esse índice, segundo o Operador Nacional do Sistema (ONS). Hoje, o Nordeste é o melhor local do país para se investir neste tipo de energia, pelos seguintes motivos:


1 - O Nordeste tem altos índices de radiação solar;


Por conta da região está próxima a linha do equador, apresenta um clima tropical. Por esta razão, têm os maiores índices de radiação solar do país. Além disso, conta com bastante silício no solo, que é o material abundante na fabricação dos painéis solares. Algumas cidades possuem um grande potencial de radiação solar, mas não possuem potencial para fabricação do material dos painéis, gerando um aumento nos custos de implementação.


 

Tabela: Representa o potencial de radiação global, em KWh/m², por região do país.


2 - Linha de financiamento para implementação de projetos;


O Banco do Nordeste (BNB) tem uma linha de crédito para financiamento de projetos de micro e minigeração de geração de energia, chamado de FNE Sol. O público alvo desta linha de crédito são: cooperativas, produtores rurais, empresas comerciais, indústrias e agroindústrias.


3 - Isenção do ICMS na conta de energia;


A região faz parte do convênio de isenção do ICMS para energia solar. Contribuindo para que comercios e residencias,possam aderir a geração de energia solar. Gerando assim, um aumento de adesões e construindo uma economia mais sustentável. Visto que, a geração de energia solar utiliza uma fonte que é reabastecida naturalmente, o sol.


O sistema de compensação foi criado pela Aneel. Assim, a energia que é gerada e não é utilizada é colocada na rede da concessionária, como forma de empréstimo, e volta para o consumidor como forma de crédito para a energia que é consumida no horário que não há geração de energia solar. Vale lembrar que este tipo de compensação só pode ser utilizada para o sistema fotovoltaico on-grid.


Figura 1: Atlas da disponibilidade solar, em horas, do Brasil.


As perspectivas de crescimento deste tipo de energia são bem otimistas. A partir do ano de 2020, são esperados a instalação de mil megawatts-pico. Além disso, empresas de fabricação dos equipamentos para este tipo de geração de energia estão prometendo se instalar na região. Possibilitando aumento da economia local.


Converter luz solar em energia é assunto de interesse nacional, visto o benefício social, econômico e ambiental que este tipo de energia possibilita. Neste cenário, o Nordeste apresenta condições climáticas favoráveis para o desenvolvimento desta matriz energética. Além disso, o retorno do investimento é de curto prazo, tornando um diferencial competitivo em momentos de instabilidade econômica.


Tem interesse em tornar a energia solar um diferencial na sua conta de energia? Entre em contato com a LUMUS Engenharia e saiba qual o melhor projeto para o seu perfil de consumidor e vamos juntos construir o futuro da geração de energia elétrica da região.


Por Gabriel Lima



Você vai se interessar também

Card image cap
Excedente reativo na sua conta? Entenda o porquê de sua existência.

Já se perguntou o que é esse excedente reativo que vem na sua conta de energia? Aprenda já o que significa.

Card image cap
Como funciona o mercado livre de energia elétrica no Brasil

Sabe o que é o mercado livre de energia? Não? Conheça agora esse conceito que está crescendo dentro do nosso país.

Card image cap
Ligações clandestinas: entenda as consequências dos famosos "gatos" na rede elétrica.

Os "gatos" na rede elétrica geram problemas enormes, sem falar que é considerado um crime perante à lei. Se interessou pelo conteúdo? Confira o texto!